Atividades do SARESP - Língua Portuguesa

     

Atividades do Saresp por competências e habilidades
 
Abaixo do básico
*Identificar os possíveis elementos constitutivos da organização interna dos gêneros escritos não literários: propagandas institucionais, regulamentos, procedimentos, instruções para jogos, textos informativos de interesse curricular, verbetes de dicionário ou de enciclopédia, artigos de divulgação relatórios, documentos, definições, notícias, folhetos de informação, indicações escritas em embalagens, cartas respostas, ilustração ou tabelas.
Leia o texto e responda à questão.
 Queridos Leitores
Eu sempre gostei muito de livros, de revistas e de jornais. Eu passava todo tempo esperando ganhar um novo livro, esperando o Tico-Tico, que era uma revista que saía às quartas-feiras, e esperando que chegasse o Almanaque do Tico-Tico, que saía sempre pero do Natal.
Era um livro grande e colorido e falava de tudo um pouco: de coisas sérias e de coisas engraçadas; história e lendas, brincadeiras e anedotas, adivinhações e enigmas. Há muitos anos não se publica o Almanaque do Tico-Tico.
Então eu resolvi fazer um almanaque destinado a meus queridos leitores. Escolhi uma porção de histórias, brincadeiras, piadas e adivinhações, muitas poesias, brinquedos que a gente mesmo pode fazer e mais muitas surpresas.
Espero que vocês gostem tanto quanto eu gostava do meu velho Tico-Tico.
Um beijo da RUTH ROCHA
Fonte: ROCHA, Ruth. Almanaque Ruth Rocha. São Paulo: Ática, 2005.p.9.
No texto encontramos o destinatário (“Queridos leitores”) e a assinatura (“Ruth Rocha”). Especialmente em razão disso, percebemos que o texto é
a.       Um poema.
b.      Uma canção.
c.       Uma carta.
d.      Uma receita.
 
*Identificar referências a fatos históricos em textos literários.
 
Erro de português
 
Quando o português chegou
Debaixo duma bruta chuva
Vestiu o índio
Que pena! Fosse uma manhã de sol
O índio tinha despido
O português
 
Fonte: Andrade, Oswald de. Erro de português. In:Tupi ou not tupi – This is the question. Disponível em: www.releituras.com.br. Acesso em: 25 jul.. 2008.
 
No poema, o fato histórico que o poeta modernista Oswald de Andrade usa como referencia é a
 
a)      descoberta da América.
b)      vinda da Família Real para o Brasil.
c)       chegada dos portugueses ao Brasil.
d)      Inconfidência Mineira.
Básico
*Localizar itens de informação explícita, relativos à descrição de características de determinado objeto, lugar ou pessoa, em um texto.  
Leia o texto e responda à questão.
Vidas Secas
No pequeno povoado rural de Malhada da Caiçara, a 45km de Paulo Afonso, todo mundo é parente de Maria Bonita, a mulher do cangaceiro Lampião. Foi lá que ela nasceu, em 1911.
Morador do povoado, Jhones Silva, 16, não tem certeza do grau de parentesco que tem com a musa do cangaço, mas desconfia que sua mãe seja sobrinha da mulher de Lampião.
Matriculado na sexta série do Ensino Fundamental em povoado vizinho, Riacho, Jhones precisa dividir o tempo do estudo com o trabalho. Ele fica oito horas por dia na roça e ganha de R a R por dia trabalhado. Com o dinheiro, ele ajuda na casa e, quando sobra, compra roupas e sapatos. “Sou um pouco vaidoso”, admite.
Fonte: CASTRO, Letícia de. Folha de S. Paulo, 12 maio 2008. Folhateen. P. 7. (com cortes)
De acordo com o texto, pode-se dizer que Jhones é
a)                      Sobrinho de Maria Bonita.
b)                      Estudante e trabalhador.
c)                       Preguiçoso e vaidoso.
d)                      Rico e consumista.
 
*organizar em sequência itens de informação explícita, distribuídos ao longo de um texto, com base em suas relações temporais.
 
Leia o texto e responda à questão.
 
FAZER MAGIQUINHA
 
Escolha duas moedas diferentes. Coloque-as em cima da mesa e vire de costas. Peça para seu amigo escolher uma delas e segurar bem forte, contando até dez. depois ele devolve a moeda para o mesmo lugar para que você advinhe qual delas foi a escolhida. Você põe seus dedos sobre as duas e aquela que estiver mais quente é a certa.
 
Fonte: ROCHA, Ruth. Almanaque Ruth Rocha. São Paulo: Ática, 2005.
Para que você possa fazer a mágica, é necessário que o seu amigo realize algumas ações na segunda ordem:
a)      Coloque a moeda sobre a mesa e depois segure-a novamente.
b)      Conte até dez e depois segure a moeda escolhida bem forte.
c)       Segure a moeda escolhida bem forte e depois conte até dez.
d)      Vire-se de costas e depois segure a moeda escolhida bem forte.
 
De acordo com o texto, seu amigo precisa contar até dez enquanto segura a moeda porque assim há tempo para
a)      a mesa esfriar.
b)      a moeda esquentar.
c)       o mágico adivinhar.
d)      o mágico se virar.
 *Identificar em um texto o efeito de sentido produzido pelo uso de determinadas categorias gramaticais – gênero, número, casos, aspecto, modo, voz, etc.
Leia e responda à questão.
BOLO DE ARROZ
3 xícaras de arroz
1 colher (sopa) de manteiga
1 gema
1 frango
1 cebola picada
1 colher (sopa) de molho inglês
1 colher(sopa) de farinha de trigo
1 xícara de creme de leite
Salsa picadinha
 
Prepare o arroz branco, bem solto. Ao mesmo tempo, faça o frango ao molho, bem tem temperado e saboroso. Quando pronto, retire os pedaços, desosse e desfie. Reserve.
Quando o arroz estiver pronto, junte a gema, a manteiga e a salsa, coloque numa forma de buraco e leve ao forno.
No caldo que sobrou do frango, junte a cebola, o molho inglês, a farinha de trigo e leve ao fogo para engrossar. Retire do fogo e junte o creme de leite.
Vire o arroz, já assado, num prato. Coloque o frango no meio e despeje por cima o molho. Sirva quente.
No texto, os verbos no modo imperativo, como “coloque” e “despeje”, expressam
a)      conselho.
b)      desejo.
c)       instrução.
d)      pedido.
 
*Identificar o segmento de uma narrativa literária em que o enunciador determina o desfecho do enredo.
 
Leia o texto e responda à questão.
 
DIÁRIO DO MENINO TRABALHADOR
 
Querido diário:
 
Hoje, sexta-feira, a Kombi do seu Luiz passou um pouco antes das 3 da madrugada. Ainda bem que não estava fazendo muito frio. A noite de lua cheia estava clara e estrelada. E os cachorros uivavam, em vez de latir. Só podia ser sinal de algum lobisomem no pedaço.
É, eu sou assim, gosto de inventar histórias quando acordo, pra ver se espanto o sono. Só que quase nunca dá certo. A gente acorda mesmo na hora em que começa a levar aqueles cestos pesados da padaria para a Kombi.
Ainda bem que a chuva tinha passado. Só assim pra minha mãe parar de rezar e voltar pra cama depois que eu saio de casa. E ainda bem, também, que a cachorrada toda estava mais interessada em correr atrás do lobisomem do que da gente.
Hoje, eu cheguei em casa ás 8 da manhã e dormi até meio-dia, pois antes de almoçar e ir pra escola eu ainda tinha que fazer a lição de casa.
Agora já são 8 da noite e eu ainda estou conseguindo escrever porque o café que tomei com pão, em vez de comida, fez meu sono chegar atrasado.
Mas agora, que ele já veio com força total, só estou conseguindo enxergar a minha cama.
Boa noite, diário. Acho que só volto no domingo que, como você sabe, é meu único dia de folga. Além disso, vai dar pra variar um pouco de assunto. Marquei um encontro com minha nova namorada... Só que ainda é segredo, não contei pra ninguém.
 
Fonte: AZEVEDO, Jô et al. Serafina e a criança que trabalha. São Paulo: Ática, 1996.
 
Qual dos enunciados extraídos do texto revela que o fim da história está próximo?
 
a)      “Agora já são 8 da noite...”.
b)      “Só que quase nunca dá certo”.
c)       “Boa Noite, diário.”.
d)      “Qualquer descuido... é tombo na certa!”.
 
*Identificar marcas do foco narrativo num enunciado de narrativa literária.
 
Marque a alternativa que evidencia que o relato é efetuado por narrador-personagem.
 
a)      “Só que quase nunca dá certo.”
b)      “Ainda bem que a chuva tinha passado.”
c)       “Só podia ser sinal de algum lobisomem no pedaço.”
 
*Organizar os episódios principais de uma narrativa literária em sequência lógica.
 
OS TRÊS REIS MAGOS
 
A Lenda conta que, quando o menino Jesus nasceu, uma grande estrela apareceu no céu.
Havia, no Oriente, três reis, Baltazar, Melchior e Gaspar. Eram chamados de Reis Magos, pois viviam estudando todos os assuntos e as estrelas do céu. Quando viram aquela grande estrela, souberam que o menino havia nascido.
Saíram, cada qual de sua terra, montados em seus camelos e dirigiram-se a Belém, guiados por aquela estrela. Levaram de presente ao recém-nascido ouro, incenso e mirra.
Eles acreditavam que, se o menino aceitasse o ouro, ele seria um rei, se aceitassem a mirra, seria um sábio, e se aceitasse o incenso, seria o próprio Deus.
 
Fonte: ROCHA, Ruth. Os três Reis Magos. In:_____. Almanaque Ruth Rocha. São Paulo: Ática, 2005.  
 
Assinale a alternativa que, de acordo com o texto, completa corretamente a sequência: Logo que o menino Jesus nasceu, os reis
 
a)    Estudaram as estrelas e depois os outros assuntos.
b)   Levaram os presentes e depois estudaram as estrelas.
c)    Viajaram para Belém e depois viram a estrela.
d)   Viram a estrela e depois saíram para Belém.
 
ADEQUADO
 
*Identificar o provável público de um texto, sua finalidade e seu assunto principal.
 
Leia o texto e responda à questão.
 
PREVENÇÃO CONTRA A FEBRE AMARELA
 
                                                    Esclarecimento aos viajantes

 
Vocabulário:
 
Endêmica – área de risco
Transição – área de médio risco
Indene de Risco Potencial – área de baixo risco
Indene – área sem risco

 

 
Procure informações sobre a vacinação nos postos da Anvisa situados nos portos, aeroportos e fronteiras brasileiras e nas secretarias municipais de saúde.
A vacina tem validade de dez anos. Recomenda-se a vacinação dos que nunca foram vacinados e os que fizeram há mais de dez anos. Importante consultar seu cartão de vacinação, pois não há necessidade de reforço ou revacinação antes de dez anos.
 

 
A finalidade do folheto “Prevenção contra a febre amarela” é
a)      Alertar os viajantes para a necessidade de informações sobre a vacinação.
b)      Comparar as doenças tropicais com as doenças contagiosas tradicionais.
c)       Pesquisar causas da contaminação pelo inseto transmissor da doença.
d)      Ressaltar os cuidados que se deve ter com a higiene para evitar a doença.
 
*Identificar os interlocutores prováveis de um texto, considerando o uso de expressão coloquial, jargão, gíria ou falar regional.
Leia o texto e responda à questão.
QUESTÃO LEITORES:
Eu sempre gostei muito de livros, de revistas e de jornais. Eu passava todo tempo esperando ganhar um novo livro, esperando o Tico-Tico, que era uma revista que saía às quartas-feiras, e esperando que chegasse o Almanaque do Tico-Tico, que saía sempre perto do Natal.
Era um livro grande e colorido e falava de tudo um pouco: de coisas sérias e de coisas engraçadas; histórias e lendas, brincadeiras e anedotas, adivinhações e enigmas. Há muitos anos não se publica o Almanaque do tico-Tico.
Então eu resolvi fazer um almanaque destinado a meus queridos leitores. Escolhi uma porção de histórias, brincadeiras, piadas e adivinhações, muitas poesias, brinquedos que a gente mesmo pode fazer e mais muitas surpresas.
Espero que vocês gostem tanto quanto eu gostava do meu velho Tico-Tico.
Um beijo da RUTH ROCHA
Fonte: ROCHA, Ruth. Almanaque Ruth Rocha. São Paulo: Ática, 2005. P. 9.
Pelo contexto, é possível verificar que a expressão “Queridos leitores” e o pronome “vocês” foram utilizados pela autora para se dirigir a
a)      Adultos.
b)      Bibliotecários.
c)       Crianças.
d)      Professores.
*Localizar itens de in (formação explícita, distribuídos ao longo de um texto.
Leia e texto e responda questão.
Geladeira nova e conta mais barata
Distribuidora de energia do Nordeste ajuda clientes de baixa renda a trocar o eletrodoméstico velho
Uma parceria entre o Grupo Neoenergia (que reúne as distribuidoras de energia elétrica dos estados da Bahia, Pernambuco e Rio Grande do Norte) e o Banco do Brasil vai ajudar as famílias de baixa renda a trocarem as geladeiras antigas, que consomem muita eletricidade, por outras novas mais econômicas, com selo Procel de eficiência energética.
Os compradores vão pagar apenas 40% do preço do eletrodomésticos, o que corresponde a R4,00. Esse valor será financiado pelo Banco do Brasil, em até 24 prestações de R$ 13,00. O restante será bancado pela concessionária.
Considerando que a geladeira responde por grande parte da energia consumida nas casas de gases de efeito estufa, pode representar uma economia para as famílias na hora de pagar a conta da luz. De acordo com estimativas da Neoenergia, essa economia pode chegar a mais da metade do valor, já que, ao cair a faixa de consumo, também cai o preço do KWh.
Os aparelhos antigos serão recolhidos pela concessionária. O clorofluorcarbono – gás que contribui para a formação do buraco na camada de ozônio – contido nos compressores das geladeiras recolhidas será retirado por equipamentos especiais e enviado para uma central de regeneração em São Paulo. Essa ação conta com o apoio do Ministério do Meio Ambiente e está de acordo com os compromissos assumidos pelo Brasil perante o Protocolo de montreal.
A expectativa da Neoenergia é que cerca de 15 mil geladeiras sejam substituídas nesta iniciativa.
Fonte: GELADEIRA nova e conta mais barata. Disponível em http://www.akatu.com.br/. Acesso em: 24 ago. 2008.
 
De acordo com o texto, o que proporcionará economia de energia?
a)      Os compromissos assumidos pelo Brasil perante o Protocolo de Montreal.
b)      A parceria entre o Grupo Neoenergia e o Banco do Brasil porque vai ajudar as família de baixa renda a trocarem as geladeiras antigas.
c)       O clorofluorcarbono que será retirado das geladeiras antigas e enviado para São Paulo.
d)      A expectativa da Neoenergia para que cerca de 15 mil geladeiras sejam substituídas nesta iniciativa.